A prática do perdão

19/07/2022

A prática do perdão

Não guardem ódio contra o seu irmão no coração; antes repreendam com franqueza o seu próximo para que, por causa dele, não sofram as consequências de um pecado.

Levítico 19:17

Guardar ódio no coração não é bom!

Para não guardar ódio no coração temos que colocar em prática o perdão.

Muitos cristãos pensam que para perdoar alguém, é necessário não ter sentimentos ruins em relação à pessoa que os ofendeu ou prejudicou. Eles dizem que, enquanto houver alguma emoção negativa para com a pessoa, não conseguirão perdoar de verdade. 

No entanto, a Bíblia nos diz que o perdão é um mandamento. Por ser um mandamento, independe das nossas emoções. Perdoar é um ato de obediência e fé diante de Deus. É uma decisão que tomamos independente do que sentimos.

Quando perdoamos pela fé, estamos dando a oportunidade para Deus curar as nossas emoções. Será a partir deste momento que Deus começará a tratar as nossas emoções negativas, e não o contrário. Perdoamos pela fé, e as emoções ruins começarão a diminuir, e até muitas vezes deixarão de existir, desaparecendo por completo.

Se esperarmos que os sentimentos ruins como o ódio, por exemplo, desapareçam, para então perdoar, corremos o risco de guardar esse ódio no coração contra o nosso irmão, como diz o texto acima.

Tome a decisão de perdoar

  • Leia Mateus 18:21-35 e Efésios 4:32.
  • Busque a presença de Deus em um lugar tranquilo e sem interrupções, e verbalize diante de Deus a sua tristeza, ressentimento ou mágoa.
  • Reconheça que o perdão é um mandamento, conforme diz a Palavra de Deus.

Para orar:

Senhor, eu reconheço que o perdão é um mandamento, que independe das minhas emoções. Por isso, pela fé eu perdoo... (diga o nome da pessoa que o ofendeu) por ter feito... (fale o que ela fez). Peço também que o Senhor cure as minhas emoções e remova todo o ódio do meu coração. Em nome de Jesus. Amém!

Compartilhe

Utilizamos cookies próprios e de terceiros para o correto funcionamento e visualização do site pelo utilizador, bem como para a recolha de estatísticas sobre a sua utilização.